Ansiedade: Alimentos que diminuem a ansiedade

A ansiedade está presente cada dia mais na vida dos brasileiros.  Um estudo mostrou que o Brasil assumiu o posto de país com a maior taxa de pessoas com esse tipo de transtorno. Segundo a  Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgadas em fevereiro, 9,3% dos brasileiros enfrentam alguns dos casos descritos acima. No mundo, 264 milhões de indivíduos sofrem com a ansiedade, número 15% maior do que o registrado em 2005. Apesar de alarmantes, os índices não são irremediáveis. Para lidar com todos esses sintomas existem diversos caminhos, como a alimentação.

A ansiedade pode se manisfestar em  diferentes níveis, e quando mais elevado  grau de ansiedade, maior deve ser os cuidados, sendo acompanhado por um profissional de saúde habilitado. 

A ansiedade afeta a forma como uma pessoa pensa, mas também pode levar a sintomas físicos.  

Tipos de ansiedade :

  • – Comer compulsivamente
  • – Irritabilidade 
  • – Insônia
  • – Problemas no intestino 

O tratamento para a ansiedade pode ser realizado de diversas maneiras, com suplementos, medicamentos, aromoterapia, terapia alternativas e também com a nutrição. 

O que comer para controlar a ansiedade ? 

Comer compulsivamente 

Inclua  no seus lanches da tarde  algum desses alimentos-  chocolate 70% cacau, banana, nozes, frutas como  morango / kiwi, chás de melissa e passiflora.   

Irritabilidade 

Invista em semente de abóbora, castanha do Pará, nozes, chlorella e leveduras.   Procure incluir esses alimentos já no café da manhã para te ajudar no controle no estresse ao longo do dia.

Insônia

Faça o ritual do sono 

  • – Comer uma refeição leve a noite – sem carne vermelha e massa
  • – Escutar um boa música,
  • – Tomar  chá passiflora e mulungu 

 Intestino preso ou solto 

 É preciso cuidar das bactérias intestinas. Temos o eixo cérebro intestino, isso quer dizer que as bactérias que colonizam nosso intestino influenciam no nosso humor. Para ter uma flora intestinal saudável:

  • Evite consumo de alimentos ácidos – refrigerante, industrializados, excesso de carne vermelha e açúcar refinado.
  • Beba água – 0,35 ml por kg de peso 
  • Consuma probióticos – keffir, kombuchá ou probióticos já prontos

A alimentação pode sim ajudar muito no controle da ansiedade, mas é importante aliar com atividade físico, pensamentos e atitudes positivas, meditação,  terapias alternativas e outros tratamentos que melhor se enquadrem com o que você gosta e precisa.

Procure um profissional capacitado para te ajudar.

Se Ame, Se Cuide

Dra. Giovana  De Lucca, Nutricionista Funcional  Especialista em Obesidade, Emagrecimento e Saúde pela Universidade Federal de São Paulo – Unifesp, Coaching Nutricional, capacitação em biofísica quântica e Medicina Tradicional Chinesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima